Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

Tranças Nagô: conheça essa técnica de tranças afro

Cabelos CacheadosCabelos ColoridosCabelos Crespos

Certamente, você já pôde contemplar a beleza das tranças Nagô em seu dia a dia. Esse penteado versátil e muito estiloso, herança da cultura africana, tem conquistado muitos corações e muitas cabeças de homens e mulheres. Gosta do estilo e quer apostar nas tranças Nagô? Conheça mais sobre esse penteado.

Trança Nagô: o que é?

As tranças Nagô, embora sejam relacionadas aos cabelos afro, podem ser feitas em todos os tipos de fio. Começando pela raiz dos cabelos, as tranças Nagô alcançam todo o comprimento e podem ser feitas apenas com os cabelos naturais ou adicionando fios sintéticos conhecidos como jumbo.

As tranças Nagô são ainda uma ótima opção para crespas e cacheadas em transição, pois ajudam a disfarçar as duas texturas presentes nos fios. Além disso, para quem optou pelo Big Chop e está com os fios curtinhos, as tranças Nagô sintéticas podem ser aplicadas à raiz dos cabelos naturais, concedendo outro visual às meninas durante o período de transição capilar.

Tranças Nagô: conheça essa técnica de tranças afro

Trança Nagô: como fazer?

Vale destacar que, para fazer as tranças Nagô (naturais ou sintéticas), os cabelos precisam estar fortes e resistentes para sustentar o peso das tranças sem sofrer quebras. Por isso, manter os cabelos frequentemente hidratados, nutridos e reconstruídos por meio de um cronograma capilar é a melhor forma de garantir fios saudáveis e belas tranças.

Além disso, é muito importante contar com um profissional de confiança, pois conquistar as amadas tranças demanda tempo: para tranças naturais, o processo pode levar até três horas. Mas, se você optar por incluir fios sintéticos, o tempo de realização pode chegar a seis horas!

Tranças Nagô: conheça essa técnica de tranças afro

Trança Nagô: como manter?

A manutenção das tranças Nagô é fundamental para que o resultado seja duradouro. Tudo começa com o processo de lavagem, que deve ser feito uma vez por semana apenas com shampoo direto na raiz. Para secar, é preciso usar secador a uma distância segura dos cabelos (pelo menos, 20 cm). Cremes devem ser evitados para não acumular resíduos no couro cabeludo.

Além desses cuidados de rotina, o retoque das tranças deve ser feito pelo menos a cada dois meses com seu profissional de confiança, que, basicamente, irá consertar as partes soltas. Alguns profissionais recomendam que, no processo de retoque, as tranças sejam desmanchadas e os cabelos fiquem dois dias soltos para fazer hidratação e tratar a raiz dos cabelos.

E aí, gostou das tranças Nagô? Quer apostar nesse estilo? Então, siga nossas dicas, prepare seus fios para receberem as tranças e conte sempre com auxílio profissional!

 

#todecacho

Posts Recentes:

Posts mais acessados