Secure Adnxs

Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

Conheça os tipos de tranças, penteados, dicas de cuidados e manutenção

ConhecimentoDicasPenteados
trancas capa 630x420 - Conheça os tipos de tranças, penteados, dicas de cuidados e manutenção

Foi-se o tempo em que os cabelos crespos e cacheados eram considerados “difíceis” de cuidar ou de manusear. Agora, a era desta curvatura chegou, e com ela, diversas formas de usar os fios naturais. E para as cacheadas e crespas, conhecer ideias de penteados criativos é importantíssimo para se sentirem sempre lindas mesmo na correria do dia a dia, além de testar novas formas de curtir o visual e dar aquele boost na autoestima. Uma delas é apostando nas tranças afro, que oferecem uma variedade infinita de formas para agradar a todos os gostos.

Seja para uma ocasião especial, para consertar um bad hair day, ou até mesmo para ousar no visual, reunimos aqui o guia definitivo das tranças afro no cabelo, para você sair do óbvio e aproveitar toda a versatilidade que a curvatura crespa e cacheada oferece. Veja abaixo:

Conheça os principais tipos de tranças afros

trancas 1 533x800 - Conheça os tipos de tranças, penteados, dicas de cuidados e manutenção

As tranças afros são estilos de cabelo atemporais: afinal, há muitas décadas elas seguem sendo as queridinhas de muita gente. Versáteis, apaixonantes e poderosas, as tranças afro carregam uma profunda história de empoderamento negro, sendo uma importante aliada das cacheadas, crespas e principalmente de quem passa pela transição capilar. Bastante utilizada por homens e mulheres negras ao redor do mundo, estes penteados oferecem, além de muito estilo e atitude, proteção para os fios e couro cabeludo. São vários estilos de tranças afros, mas as mais populares são:

Tranças box braids

As tranças box braids são de origem africana e consiste no uso de uma fibra sintética trançada ou costurada junto aos cabelos para formar um penteado único. Ela carrega este nome justamente pela aparência de tranças “encaixadas”. São diferentes modelos e formatos e também diversos tipos de materiais que podem ser usados para criar um visual único, sendo o cabelo “fake”, a lã e o crochê os mais utilizados. Em geral, levam cerca de 8 a 12 horas para serem feitas, em um procedimento que envolve destreza e paciência, e duram nos fios naturais por até 3 meses.

Trança raiz, ou trança nagô

Também conhecida como trança de raiz, a trança nagô é feita rente ao couro cabeludo. Aqui, a criatividade da trancista que vai ditar o estilo do cabelo, já que esta técnica possibilita diversos desenhos, formas, cores e tamanhos, usando ou não extensões e fibras sintéticas. Por ser uma trança enraizada no couro cabeludo, não tem muitas restrições, mas a durabilidade é bem inferior às box braids, durante até, no máximo, 2 meses.

Trança twist

Os twists utilizam o mesmo método da box braids, com fibras sintéticas que imitam a textura e aparência do cabelo natural, porém, ao invés de uma trança, que utiliza três mechas finas, duas mechas são torcidas entre si — daí o nome “twist”. Assim como a trança nagô, também tem a durabilidade menor do que as box braids, de até 2 meses.

Tranças com fibra: entenda a diferença entre elas

trancas 2 532x800 - Conheça os tipos de tranças, penteados, dicas de cuidados e manutenção

Versáteis e democráticas, as tranças afro podem ser feitas com uma variedade enorme de materiais, com diferentes resultados. Veja os mais utilizados:

Jumbo: é um material de fibra sintética feito especialmente para tranças, que imita o cabelo natural. É o tipo de fibra mais indicado para a maioria das tranças afro, incluindo as box braids e as tranças nagô.

Kanekalon: a fibra kanekalon tem um acabamento com mais brilho e mais fino, o que faz com que ela seja um pouco mais fácil de trançar, pois embaraça bem menos do que o jumbo. No entanto, o aspecto dela não é tão natural, e também pesa um pouco mais.

Lã: muitas vezes, a lã é utilizada no lugar da fibra sintética para realizar as tranças. Aqui, não tem segredo: o material oferece uma maior variedade de cores e é bem mais em conta do que os outros materiais. É bastante utilizada não só nos penteados de tranças afro, mas também em outros tipos, como na trança boxeadora, por exemplo.

Linha de Crochê: bem mais leve que os outros materiais citados, a linha de crochê também oferece menos desconforto e é bem mais em conta do que os cabelos jumpo e kanekalon, além de oferecer mais atrito e durar mais tempo.

Dicas de como cuidar do cabelo trançado

trancas 3 630x420 - Conheça os tipos de tranças, penteados, dicas de cuidados e manutenção

Durante o uso das tranças, além de aproveitar cada segundo do seu novo visual, alguns cuidados também são imprescindíveis para preservar os fios. Reunimos aqui uma listinha com as melhores recomendações para ter com as suas tranças:

– Proteja o seu couro cabeludo: para dormir, invista nas toucas ou fronhas de cetim para proteger o couro cabeludo do atrito com o travesseiro, já que ele pode aumentar o ressecamento dos fios;

Lave as tranças pelo menos 1 vez por semana: utilize sempre produtos diluídos para que não acumulem nas tranças. Utilize também produtos liberados, para impedir que químicas nocivas presentes na fórmula de produtos não-liberados (silicones, petrolatos, óleos minerais e sulfatos) fragilizem ainda mais os fios.

– Pegue leve nos penteados: sim, os penteados com tranças são poderosos, mas é importante não exagerar e fazê-los diariamente. Isto porque os penteados forçam a raiz do cabelo, aumentando a pressão no couro cabeludo. O resultado: feridas e lesões.

– Anote a dica de hidratação: dilua um pouco da sua máscara de hidratação favorita com um pouquinho de óleo vegetal de sua preferência (pode ser o Óleo de Coco ou de Rícino) e água e borrife na raiz dos fios a cada 3 dias. Assim você previne o ressecamento e deixa o cabelo mais forte.

Como evitar o frizz nas tranças?

trancas 4 534x800 - Conheça os tipos de tranças, penteados, dicas de cuidados e manutenção

Sim, as tranças afro podem ter frizz! Fique atenta às dicas para deixar os fios alinhados mesmo nas tranças:

– Invista em shampoos hidratantes para evitar o aspecto ressecado dos fios;
– Retire o excesso de água dos cabelos com uma toalha de microfibra e nunca faça o movimento de “esfregar” as tranças, e sim, pressione gentilmente;
– Aposte a touca de cetim para evitar o frizz e aumentar a durabilidade das tranças.

Capriche no penteado: como fazer baby hair?

Depois de adotar as tranças, você vai perceber que o baby hair vai ficar ainda mais evidente. O baby hair nada mais é do que aqueles fiozinhos de cabelo que ficam na testa, e estilizá-los pode deixar o seu look ainda mais impecável! Qualquer penteado se torna em uma super produção com estes fiozinhos bem alinhados, então, se liga neste tutorial de baby hair, que podem ser feitos com as pomadas Efeito Brilho e Efeito Molhado, da linha #todecacho Estilização.

4.3/5 - (18 votes)
Luana Sudré

Posts Recentes: