Secure Adnxs

Como saber qual tipo de shampoo usar no cabelo crespo e cacheado?

por Talitha Benjamin

Que os cabelos cacheados e crespos precisam de cuidados especiais, isso você já deve saber. Mas, para além desses cuidados tão importantes – tratamentos como o cronograma capilar, umectação, finalização e afins – o passo a passo rotineiro dos fios também precisa ser feito com bastante atenção, inclusive durante a lavagem. Isso significa não apenas […]

Como saber qual tipo de shampoo usar no cabelo crespo e cacheado?

Que os cabelos cacheados e crespos precisam de cuidados especiais, isso você já deve saber. Mas, para além desses cuidados tão importantes – tratamentos como o cronograma capilar, umectação, finalização e afins – o passo a passo rotineiro dos fios também precisa ser feito com bastante atenção, inclusive durante a lavagem. Isso significa não apenas […]

tipos de shampoo 533x800 - Como saber qual tipo de shampoo usar no cabelo crespo e cacheado?

Que os cabelos cacheados e crespos precisam de cuidados especiais, isso você já deve saber. Mas, para além desses cuidados tão importantes – tratamentos como o cronograma capilar, umectação, finalização e afins – o passo a passo rotineiro dos fios também precisa ser feito com bastante atenção, inclusive durante a lavagem. Isso significa não apenas lavá-los corretamente, mas também saber quais tipos de shampoos são os mais indicados e quando usar cada um deles.

Pois é, muita gente acha que shampoo é tudo igual, e que desde que promova a limpeza, o tipo de produto não faz diferença. Mas, na realidade, existem diversas opções no mercado, cada um para uma necessidade específica, incluindo fios ressecados e desnutridos, como é o caso dos cacheados e crespas na maioria das vezes. Então, você sabe qual shampoo usar nas suas madeixas? Quer descobrir? Então vem com a gente aprender quando, como e qual shampoo usar nos cabelos cacheados e crespos, e quais são os tipos existentes no mercado.

Como saber que tipo de shampoo usar?

É certo que a lavagem é a etapa mais importante dos cuidados capilares – é ela que vai eliminar a sujeira, o excesso de resíduos, toxinas, bactérias e fungos do couro cabeludo e dos fios. Mas, para escolher o melhor tipo de shampoo, é necessário seguir algumas regrinhas. Veja abaixo:

1. Conheça a sua curvatura

Mesmo dentro do espectro de fios cacheados e crespos, é necessário saber qual é a sua curvatura específica para escolher produtos com mais assertividade.

Cabelo 3A: cabelos cacheados mais soltos, marcados por curvas largas com mais dificuldade em manter a sua definição.

Cabelo 3B: cachos mais fechados, definidos e volumosos do que o cabelo 3A. Podem apresentar mais volume e frizz.

Cabelo 3C: cachos da raiz até as pontas, com curvas mais acentuadas e fechadas. Apresenta bastante volume, frizz e tem o comprimento e pontas ressecados.

Cabelo 4A: os cachos são fechados e bem definidos, ou seja, é possível enxergá-los com facilidade.

Cabelo 4B: o volume é máximo e os cachos bem unidos, deixando o fio com aspecto fino e mais fragilizado.

Cabelo 4C: sem definição e em espiral: alguns fios dessa curvatura podem até apresentar o formato em zigue-zague.

Depois de identificar o seu tipo de cacho ou crespo, invista em produtos que sejam específicos para eles, para garantir que o tratamento capilar seja compatível com o seu tipo de cabelo.

2. Saiba identificar as necessidades do seu fio

Além de saber qual é a sua curvatura, você também precisa identificar as necessidades específicas do seu cabelo. Isto pode ser feito através de bastante observação ou com consultas feitas junto ao seu cabeleireiro – ele poderá fazer uma análise mais assertiva sobre o que as suas madeixas precisam. Fique atenta aos sinais: cabelos quebradiços, com queda acentuada, sem vida, opacos e que não seguram a definição são sinais de que as madeixas estão precisando de atenção especial. No caso dos crespos que passaram por química, por exemplo, é preciso investir em produtos de reconstrução e nutrição, com queratina e óleos vegetais.

3. Use o condicionador correspondente

O condicionador é essencial para a etapa de lavagem: é ele que vai selar as cutículas e deixar os fios mais maleáveis, prontos para o desembaraço, além de proporcionar hidratação. Sempre que for adquirir um shampoo novo, não deixe de incluir o condicionador correspondente à sua lavagem capilar, pois são produtos que foram fabricados para serem usados de forma complementar: suas fórmulas e tecnologias são formuladas para funcionarem em conjunto.

Conheça 5 tipos de shampoos e saiba quando usar cada um

Além de escolher o shampoo mais adequado para os seus cabelos, é necessário entender o que cada tipo faz. Para além dos que oferecem lavagem, existem tipos específicos que oferecem limpeza para diferentes necessidades. Veja abaixo os 5 mais procurados e quando você deve – ou não – utilizá-los.

Shampoo anticaspa

A caspa, ou dermatite seborreica, é uma inflamação na pele que causa descamação e vermelhidão, e acontece principalmente no couro cabeludo, dando o efeito de sujeirinhas brancas nos cabelos. O shampoo anticaspa é formulado especialmente para tratar esse problema, ele garante limpeza adstringente que remove a oleosidade capilar, dando fim à caspa. É recomendado para todos os tipos de cabelo que sofram com o quadro, e seu uso deve ser seguido por um condicionador hidratante para selar as cutículas e garantir a proteção da fibra capilar.

Shampoo a seco

O shampoo a seco permite a remoção da oleosidade sem que a lavagem completa das madeixas seja realizada – ou seja, sem molhar. Por isso, se popularizou principalmente entre as donas de fios lisos e ondulados que sofrem com o excesso de sebo. Justamente por conta do seu efeito de “remover” os óleos naturais, o seu uso nas cacheadas e crespas é recomendado apenas em casos emergenciais. Isto porque estes óleos naturais também contêm nutrientes que percorrem toda a extensão dos cabelos, o que significa que o shampoo à seco pode agravar o problema de ressecamento dessa curvatura.

Shampoo antiqueda

Antes de investir em um shampoo antiqueda, deve-se investigar o motivo do problema. O uso do shampoo será um complemento ao tratamento dermatológico. As versões feitas para tratar a queda são fabricadas com ativos fortalecedores da fibra capilar, como vitaminas e minerais, e podem ser utilizadas por qualquer pessoa que note uma queda generalizada dos fios.

Salon Line indica: O Shampoo e o Condicionador S.O.S Bomba Antiqueda garantem limpeza, desembaraço e recuperação da saúde dos fios. Com creatina, queratina vegetal e biotina, proporciona 3x menos queda, quebra e pontas duplas dos cabelos.

Shampoo anti-resíduo

O shampoo antirresíduos é um higienizador capilar com pH alcalino, que promove a abertura das escamas capilares, possibilitando a limpeza profunda do fio. É ideal para remover todas as impurezas do cabelo com uma limpeza mais profunda do que o shampoo habitual.

Salon Line indica: O Shampoo #todecacho Estilização proporciona limpeza capilar profunda, remoção completa dos resíduos e cuidado para um couro cabeludo saudável. Com água de rosas e rosa-mosqueta, ele ainda garante vitalidade e hidratação dos fios. O bico aplicador é ideal para lavar os cabelos com tranças, box braids, dreads ou nagô.

Shampoo matizador

A matização é o processo de neutralização do aspecto amarelado, da oxidação ou do desbotamento de cabelos loiros ou tingidos que passaram pela descoloração, causados pelo passar do tempo, exposição ao sol, poluição, calor, cloro de piscina, etc. Em forma de shampoo, o matizador também oferece uma matização mais profunda através da abertura das cutículas e, por isso, seu uso deve ser seguido imediatamente pelo uso do condicionador e por uma máscara de hidratação.

Posso usar dois tipos de shampoo ao mesmo tempo?

Com tantos tipos de shampoos disponíveis, pode surgir a dúvida se é possível usar dois tipos diferentes de shampoo de uma vez só, e a resposta é: sim, mas desde que os shampoos possuam especificidades diferentes, para que as formulações não anulem uma à outra. Por exemplo: ao usar um shampoo anticaspa, que possui efeito adstringente, ou antirresíduo, você pode complementar o uso com um produto hidratante, para garantir a reposição de hidratação dos fios.

Além disso, você também pode alternar o uso de diferentes shampoos semanalmente, ou seja, um produto para cada dia de lavagem. Lembre-se sempre de usar o condicionador correspondente e continuar com o tratamento capilar pós-shampoo (hidratação, nutrição e reconstrução.)

Rate this post