Secure Adnxs

5 dicas para se preparar para um corte de cabelo

por Talitha Benjamin

Você com toda certeza já deve ter ouvido pelo menos uma história de alguém que se arrependeu de um corte de cabelo. Não é à toa, afinal, a possibilidade de uma transformação capilar não sair da forma como a gente antecipa é real. Isso pode assustar, já que o cabelo é um importante aspecto da […]

5 dicas para se preparar para um corte de cabelo

Você com toda certeza já deve ter ouvido pelo menos uma história de alguém que se arrependeu de um corte de cabelo. Não é à toa, afinal, a possibilidade de uma transformação capilar não sair da forma como a gente antecipa é real. Isso pode assustar, já que o cabelo é um importante aspecto da […]

Você com toda certeza já deve ter ouvido pelo menos uma história de alguém que se arrependeu de um corte de cabelo. Não é à toa, afinal, a possibilidade de uma transformação capilar não sair da forma como a gente antecipa é real. Isso pode assustar, já que o cabelo é um importante aspecto da nossa identidade. Mas, e se dissermos que não precisa ter medo desse grande passo, e que também dá para se preparar para garantir que o corte sairá como o esperado?

Com um pouquinho de preparação, você minimiza as chances de se arrepender do corte, além de garantir que o resultado será o mais alinhado possível com o que você espera. E como por aqui, nós somos os grandes incentivadores de todas as suas aventuras capilares, reunimos 6 dicas para que você se prepare para um corte de cabelo, e garanta a sua melhor versão. 

Busque inspiração

Essa dica pode parecer óbvia, mas subestimar a importância de se munir de referências e inspirações para o seu novo visual pode ser um erro. É neste momento que você pode – e deve – exercer a criatividade e a imaginação e se permitir pensar em novas possibilidades. Utilize a internet e as redes sociais ao seu favor para pesquisar tendências, cortes clássicos e outros visuais mais ousados, salve bastante fotos e pense bastante sobre como as novas opções se adaptam ao seu visual. 

Ah, e se liga em mais um ponto bem importante: na hora de escolher o corte, não esqueça de procurar por opções que se encaixam bem na sua curvatura, quantidade de cabelo, rotina de cuidados e finalização. Isso é importante para não adotar um corte que, no curto prazo, pode virar uma dor de cabeça no dia a dia. 

Procure o melhor profissional

Essa dica vale para toda e qualquer transformação: um bom cabeleireiro vai saber não apenas executar o corte com maestria, mas também dar dicas de cuidados e finalizações personalizadas para você aprender a lidar com o novo comprimento e formato dos fios. 

Confia: a ausência de um bom profissional sai mais caro do que você pode imaginar. Novamente, a internet e as redes sociais vão te auxiliar na busca por fotos de resultados realistas e de profissionais que tenham experiência com o seu tipo de cabelo. Também vale buscar por indicações de amigas e colegas que tenham as madeixas parecidas.

Alinhe suas expectativas e restrições — e saiba comunicá-las

Essa é, talvez, a etapa mais importante do seu processo, e também a mais difícil: saber exatamente o que você quer. Antes de cortar o cabelo, pense muito bem no que você espera do visual. Conheça o seu cabelo, e saiba que ele é único, portanto, por mais que você queira copiar um visual incrível que viu online, a realidade será um pouquinho diferente. 

Saber comunicar o que você quer também é essencial: por exemplo, se você é apegada ao comprimento, precisa dizer ao seu cabeleireiro que não quer perdê-lo. Fale também sobre os tipos de corte que você não gosta, para não cair em armadilhas. Comunique exatamente o que você quer, como quer, e o mais importante, o que não quer de jeito nenhum. Assim, você minimiza as chances de se desapontar com o resultado. 

Não tenha medo de dizer que não gostou

É nesse momento que muita gente tropeça, afinal, acredita-se que não é muito educado dizer que não gostou do corte. Mas entenda que você está pagando por um serviço e, se comunicou todas as suas expectativas, sair insatisfeita não é legal. Caso não curta o resultado, converse honestamente com o seu cabeleireiro, para que, juntos, possam pensar em uma solução ou ajuste.

Mas lembre-se, é claro, de fazer isso com jeitinho, sem ser mal-educada ou culpar o profissional pelo resultado. É uma mudança, e pode levar um tempinho para se acostumar. 

Entenda que um corte é só um corte

A expectativa em cima de uma mudança capilar é tanta, que tem gente por aí que a trata como terapia. É ótimo mudar o visual e dar aquele up na autoestima, assumir uma nova estética que combine com um novo momento da sua vida, mas é preciso também ter calma: a mudança externa, por mais poderosa que seja, é apenas isso. 

Um corte de cabelo não consegue mudar sua vida de forma concreta, e isso também vale para quando você não curte o visual, afinal, cabelo cresce, e logo você estará pronta para apostar em outra mudança capilar. Aproveite!

Rate this post

Queda de cabelo: causas, dicas e tratamento para evitar Como fazer pré-shampoo: modo de uso e dicas para sua rotina de cuidados Penteados para ir para escola: inspiração para cabelinhos crespos e cacheados Saiba como adotar e usar o ativador de cachos na sua rotina Conheça a ghana braids e saiba como conquistar esse visual